Felpuda

17 JUL 2017 Por Ester Figueiredo 00h:00

O comando do PMDB de Mato Grosso do Sul está sem rumo quando o assunto é sucessão estadual. Além disso, também não está a fim de gastar nadica de nada com pesquisas qualitativas e quantitativas para medir a popularidade dos seus principais líderes políticos.  A cúpula do partido só pretende abrir as discussões sobre o processo eleitoral em fevereiro de 2018. Como até lá ainda tem muita água para rolar...
Ester Figueiredo

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica