FUTEBOL

Imprensa espanhola elogia Neymar, mas refuta Bola de Ouro ao brasileiro

19 ABR 2017 Por AGÊNCIA BRASIL 17h:35

O empate em 0 a 0 com a Juventus nesta quarta-feira (19) eliminou o Barcelona nas quartas de final da Liga dos Campeões. O time espanhol fez uma partida ruim, esbarrando na defesa italiana e na pressão de ter de marcar ao menos quatro gols para se manter vivo.

Estrela da virada sobre o PSG, nos 6 a 1 da última fase, o brasileiro Neymar deixou o campo chorando. Ele pode não ter conseguido outra virada, mas acabou elogiado pela imprensa espanhola. "Foi o jogador que mais desequilibrou para sua equipe. Se tivesse marcado em todas as chances que criou, o dono da Bola de Ouro já seria conhecido. Mas falta [em Neymar] esse toque especial para tomar o trono", analisou o jornal 'Sport', da Catalunha. "Em todo caso, fez uma partida espetacular, uma soma de ofensividade, dribles e potência", completou.

É uma análise parecida com a do 'Marca', da Espanha: "Neymar foi, de novo, o mais ativo de sua equipe. Mas não acertou tanto quanto contra o PSG", escreveu o jornal. "E fica muito mais difícil pensar em uma Bola de Ouro para Neymar, que também não poderá jogar no domingo [23], no Bernabéu [no clássico contra o Real Madrid], suspenso".

O 'As' não citou o prêmio de melhor do mundo, mas também admitiu que passar em branco contra a Juve prejudicou o pleito do brasileiro para ser considerado a estrela do trio MSN. "Neymar acabou em lágrimas. Foi bem evitando os zagueiros e nos dribles, mas mal na hora de tomar decisões e finalizar. A eliminação diminui seu prestígio pessoal no tridente. Mas nenhuma estrela foi capaz de marcar na Juventus por 180 minutos."

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica