CORREIO INFO

Cresce o número de golpes para os dispositivos móveis

69% dos usuários na América Latina não protegem seus smartphones

22 MAR 2017 Por CLEIDSON LIMA 07h:25
Bluetooth tem sido incluído como recurso padrão em celulares e outros dispositivos móveis. Porém, assim como GPS, é um potencial ponto de entrada para os cibercriminosos. Bluetooth tem sido incluído como recurso padrão em celulares e outros dispositivos móveis. Porém, assim como GPS, é um potencial ponto de entrada para os cibercriminosos.

Na América Latina,  69% dos usuários de dispositivos móveis não usam soluções de segurança da informação instaladas em smartphones e tablets, de acordo com levantamento da ESET. No entanto, o número de golpes e ameaças voltadas a esses equipamentos cresce em um ritmo bastante acelerado. 
Para mapear o mercado e entender o que tem motivado os cibercriminosos a investir em golpes e ataques que estão associados aos mobiles, em especial a smartphones, o Correio INFO entrevistou os especialistas da ESET que mapearam as nove principais razões que motivam os golpes virtuais voltados para usuários desse tipo de equipamento.
 

1 Concentração de Dados. A quantidade de informação armazenada em um dispositivo móvel tem aumentado drasticamente nos últimos anos. Ao mesmo tempo, o uso de aplicativos móveis implica no fornecimento de muitos dados pessoais dos usuários. Para um cibercriminoso que é dedicado ao roubo de identidade, um smartphone representa uma mina de ouro.

(*) A reportagem completa está em nosso suplemento Correio Info, que pode ser conferido clicando aqui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica