SAÚDE

Dormir com o cabelo molhado faz mal? Tire suas dúvidas

27 MAI 2017 Por TERRA 23h:00

A verdade é que os fios podem se tornar mais propensos à quebra, já que o atrito com o travesseiro danifica a sua estrutura. Além disso, a umidade pode facilitar a criação de um ambiente quente para a proliferação de fungos, por exemplo.

Um couro cabeludo não saudável acaba comprometendo não só a força dos fios, mas também a beleza das suas madeixas. Por isso, nestes casos, o ideal é que você tire a umidade do cabelo antes de se deitar.

Se for possível, deixe-os secarem naturalmente. Esta prática leva mais tempo, porém, é o melhor jeito para tirar a umidade dos cabelos. Caso queira ou precise de um processo mais rápido, o secador segue sendo a melhor escolha!

Atenção para não maltratar os fios: a primeira dica é sempre aplicar um protetor térmico antes de usar o secador; assim, seus fios ficam protegidos.

Na hora da secagem, deixe sempre o aparelho a uma distância mínima de 20 cm do couro cabeludo e não em temperatura muito alta. O calor excessivo pode fazer mal.

Não deixe o jato de ar em uma mesma área por muito tempo. Passe o secador por toda a extensão do seu cabelo, em intervalos curtos.

Se você precisa comprar um aparelho novo, dê preferência aos ionizados, que evitam a exposição dos fios às altas temperaturas.

Está muito cansada e vai se render ao cabelo molhado na hora de dormir? Não é o aconselhável, mas também não precisa ser o fim do mundo. A melhor opção, nesse caso, é pentear os fios com um leave-in ou um desembaraçador e trançar os cabelos levemente. Isto fará com que os fios não se emaranhem durante a noite.

Outra dica é trocar as fronhas e lençóis de algodão por cetim, tecido que não atrita tanto com os fios. Mas lembre-se: não faça dessa prática um hábito. O ideal é sempre secar as madeixas antes de ir para cama.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica