Relatório do Civitox

Crianças de até 9 anos são principais vítimas de intoxicação por medicamento

Levantamento aponta que maioria dos casos ocorre por descuido ou acidente

21 MAI 2017 Por GLAUCEA VACCARI 17h:30

Crianças de até 9 anos são as principais vítimas de intoxicações por medicamentos em Mato Grosso do Sul. Segundo levantamento realizado pelo Centro Integrado de Vigilância Toxicológico (Civitox), 40% dos casos ocorre por descuido ou acidente individual.

Conforme o levantamento, publicado no relatório de orientações de prevenção e notificação das intoxicações medicamentosas, de 2014 a 2016, além dos acidentes envolvendo medicamentos, também foi registrado 40% de intoxicações por tentativa de suicídio.

Com relação a faixa etária, crianças de até 9 anos correspondem a 45% das ocorrências de intoxicação. Já crianças de 10 a 14 anos somam 5% e adolescentes de 15 a 19 anos são 8%.

Entre os adultos, faixa de 20 a 39 anos são responsáveis por 24% das ocorrências, de 40 a 59 anos somam 13% e pessoas acima dos 60 anos, 5%.

Do total de registros, na maioria de notificações vítimas são mulheres (61%) e casos ocorrem principalmente na zona urbana (82%).

De acordo com o Civitox, por conta do alto número de casos, trabalhos de orientação sobre medicamentos tem sido intensificados, principalmente nas orientações básicas para se evitar as intoxicações.

Entre as orientações estão cuidados no acondicionamento, não deixando remédios à vista e ao alcance de crianças e animais, atenção quanto a leitura e prescrição da bula, observação quanto ao nome, forma do medicamento, dose e horário do mesmo, além de atenção ao prazo de validade.

Para informações sobre os riscos e efeitos das substâncias químicas, população pode entrar em contato com o Civitox, através do telefone 0800 722 6001 ou (67) 3386-8655.  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica