sumida desde quarta

Polícia localiza empresária e ambulância faz atendimento de emergência

Thais Regina Souza Valadares estava em área de difícil acesso

16 JUN 2017 Por RODOLFO CÉSAR 18h:58
Thais foi localizada debilitada em região de difícil acesso no município de Sidrolândia Thais foi localizada debilitada em região de difícil acesso no município de Sidrolândia

A família de Thais Regina Souza Valadares, de 39 anos, recebeu a notícia da polícia pouco antes das 18h30 que ela tinha sido encontrada. A empresária estava desaparecida desde quarta-feira (14) à noite. 

Policiais a encontraram na zona rural de Sidrolândia, em região onde não há sinal de celular e é afastada de estradas. Ela estava debilitada e uma ambulância foi acionada. A comunicação com familiares que estão em Campo Grande foi feita via rádio para confirmar que Thaís tinha sido localizada.

A empresária está a caminho da Capital e vai ser levada para hospital na cidade para cuidados emergenciais. À reportagem do Portal Correio do Estado, um parente explicou que eles ainda não tinham detalhes sobre o que aconteceu com Thaís e estavam ansiosos para encontrá-la.

Ela é diabética e precisa tomar remédio com regularidade. Além disso, Thais já sofreu crises e passou mal. Esse quadro aumentava a preocupação de familiares.

Uma força-tarefa foi montada hoje para localizá-la com a presença de Bombeiros, policiais militares rodoviários, policiais militares, policiais civis e equipe do Batalhão de Operações Especiais (Bope) com cães farejadores.

A primeira pista que auxiliou nos trabalhos foi a localização do Gol da vítima, hoje à tarde. Ele estava em uma região conhecida como Gleba. Foram feitas buscas nas redondezas e a primeira informação é que Bombeiros localizaram Thais.

CASO

Thais tinha sido vista pela última vez saindo da empresa onde é sócia em Campo Grande na quarta-feira (14), às 16h30 e, último contato com a família foi feito às 18h por telefone, quando a empresária foi flagrada por câmeras de segurança realizando compras em um supermercado em Sidrolândia (Confira o vídeo a baixo).

Conforme registro policial feito na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) no Centro, mulher seguia para uma fazenda onde o namorado trabalha, em Maracaju.

Família informou à reportagem que Thaís viajava para encontrar o companheiro todo o fim de semana. Sobrinha da vítima, que informou a ocorrência, disse quea tia sempre costuma ligar quando chega no destino, mas desta vez não havia feito nenhum contato. Em ligação ao namorado da mulher, ele informou que ela não havia chegado na fazenda.

Familiares chegaram a viajar, fazendo o mesmo trajeto que Thais costuma fazer quando vai ao interior, mas não encontraram nenhum paradeiro da desaparecida.

Thais tem problemas diabéticos e como, às vezes, costuma passar mal parentes têm medo que ela possa ter sofrido de uma crise.

Segundo a irmã da desaparecida, Silvia Valadares, parte da família permanece na Capital, outras pessoas deslocaram-se para Maracaju e uma terceira está em Sidrolândia para auxiliar nas buscas.

Três boletins de ocorrência foram registrados nas três cidades, informando o sumiço da empresária. Polícias Civil e Militar estão em alerta.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica