saúde

Gripe A atinge bebês que ficaram
fora do alvo de vacinação

Hospital Regional tinha três crianças internadas ontem

6 JUL 2017 Por DA REDAÇÃO 07h:00
Naiara Vasques, mãe de Samyra, acompanha filha internada Naiara Vasques, mãe de Samyra, acompanha filha internada

Três crianças com idades entre 2 meses e 1 ano e 5 meses estão internadas com suspeita de Influenza A no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS), em Campo Grande.

O caso mais recente foi de Samyra Emanuelle Vasques de Oliveira, de 1 ano e 5 meses, que deu entrada na unidade em estado gravíssimo após passar mal no Centro de Educação Infantil (Ceinf) Cristo é Vida, na Vila Popular. 

Dois bebês - de 2 meses e de 4 meses - ficaram em isolamento no Pronto Atendimento Médico (PAM) na ala da pediatria, foram tratados e deixaram o setor crítico, porém o resultado do exame ainda não ficou pronto para confirmar ou não Influenza (A - vírus H1N1 e H3N2) e Influenza B.

Uma das crianças chegou a tomar cinco doses do remédio antiviral oseltamivir (nome comercial Tamiflu). Os bebês estão abaixo da idade mínima para receber a vacina que imuniza contra Influenza, que é de 6 meses. 

Já Samyra, internada ontem, estava com gripe há pelo menos três dias e de acordo com a mãe dela, Naiara Vasques Vargas, 23 anos, acabou medicada em casa, inclusive com antibiótico. 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES), informou que cinco pessoas morreram vítimas de Influenza este ano em Mato Grosso do Sul, três em Campo Grande nos meses de abril (2) e maio (1), e as outras em Coxim e Rio Verde. No ano passado foram 103 mortes. A Sesau informou dados diferentes, com 212 notificações e 82 confirmações. 

*Leia reportagem, de Natalia Yahn, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica