CONDENADO

Depois de recomendação do MPE, secretário pede exoneração

Raufi Marques foi condenado por improbidade administrativa

14 MAR 2017 Por GABRIEL MAYMONE 15h:14
Raufi Marques pediu demissão do cargo de secretário de governo de Dourados Raufi Marques pediu demissão do cargo de secretário de governo de Dourados

Depois de recomendação do Ministério Público de Mato Grosso do Sul (MPE), o secretário municipal de governo de Dourados, Raufi Marques, pediu exoneração do cargo.

De acordo com o Dourados News, o município entendeu que, mesmo não cabendo a manifestação do MPE, por ainda caber recurso da decisão que condenou o secretário por improbidade administrativa, ele decidiu sair.

A alegação do MPE é de que Marques é condenado por improbidade na época em que atuou no governo de José Orcírio – também condenado -.

Para o promotor Ricardo Rotunno, titular da 16ª Promotoria de Justiça de Dourados, "mesmo após a condenação por ato doloso de improbidade administrativa, Raufi Antonio Jaccoud Marques permanece à frente da Secretaria Municipal de Governo. E, tal conduta além da violar aos princípios da administração pública como um todo, fere texto expresso da Lei Complementar Municipal n. 203/2012, que "disciplina a nomeação para cargos em comissão da Administração Direta ou Indireta do Poder Executivo Municipal"", diz o comunicado publicado no site oficial do órgão.

OUTRA BAIXA

Também deve deixar o primeiro escalão da adminitração de Délia a secretária de educação, Audrey Milan. A saída dela será depois da escolha de substituto.

Além de Raufi e Audrey, o ex-diretor da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados) e ex-assessor especial lotado no gabinete da prefeita, Albino Mendes, havia deixado a administração após recomendação do MPE no mês passado sob a alegação de possível nepotismo diante da nomeação de seu filho para dirigir a UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica