nesta quarta

Depois de briga de anos, Uber
começa a funcionar em Dourados

Serviço estará disponível inicialmente com cerca de 100 veículos

4 JUL 2017 Por RODOLFO CÉSAR 18h:15
Uber começa a funcionar em Dourados nesta quarta Uber começa a funcionar em Dourados nesta quarta

O serviço de carona paga oferecido pelo Uber passará a funcionar em Dourados nesta quarta-feira (5), a partir das 14h. A informação foi confirmada pela empresa, que já colocou disponível em seu site o nome da cidade na lista de municípios cobertos.

Em Mato Grosso do Sul, somente Dourados e Campo Grande têm o serviço. "A tecnologia do aplicativo agrega ferramentas importantes que ajudam a trazer segurança, antes, durante, e depois de cada viagem realizada por meio da plataforma da Uber, tanto para parceiros como para usuários", informou nota da empresa.

Os carros que são aceitos precisam ser de modelos 2008 em diante, ter quatro portas, ar condicionado e cinco lugares. 

"Para se cadastrar como motorista parceiro, é preciso ter carteira de motorista com licença para exercer atividade remunerada - EAR, e passar por checagem de antecedentes criminais. Os carros precisam ser cadastrados com a apresentação de Certidão de Registro e Licenciamento do Veículo, Bilhete de DPVAT do ano corrente", divulgou a Uber.

Para utilizar o sistema é preciso ter o aplicativo instalado no celular, que funciona tanto em sistemas Android como iOS.

MUITO DEBATIDO

A polêmica envolvendo o sistema começou em 2015 na cidade. Vereadores chegaram a promulgar neste ano lei proibindo a instalação do Uber. 

Em audiência pública realizada em 30 de março, vereadores, Ministério Público, Ministério Público do Trabalho e outros órgãos discutiram a instalação do serviço e a lei foi derrubada, liberando o aplicativo.

Uma das entidades que congrega motoristas que trabalham com aplicativos, a Associação dos Parceiros de Aplicativos e de Motoristas de Transporte de Passageiros e Motoristas Autônomos de MS (Applic-MS), divulgou que serão quase 100 veículos disponíveis em Dourados a partir desta quarta-feira.

"Foi uma conquista que obtivemos. Essa modalidade cria uma nova forma de trabalho e foi isso que as autoridades entenderam", comentou o presidente da entidade, Paulo Pinheiro, que se envolveu no processo de liberação do Uber em Dourados.

"Os motoristas parceiros da Uber prestam o serviço de transporte individual privado de passageiros, que tem respaldo na Constituição Federal e é previsto em lei federal (Política Nacional de Mobilidade Urbana - PNMU Lei Federal 12.587/2012)", informou o Uber.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica