VIOLÊNCIA

Trio invade residência, ameaça estupro
e troca tiros com a polícia na Capital

Grupo havia sido preso, em janeiro, por associação criminosa

19 MAR 2017 Por KLEBER CLAJUS 09h:34
Arma utilizada pelos bandidos foi encaminhada para perícia Arma utilizada pelos bandidos foi encaminhada para perícia

Três criminosos invadiram residência para roubo, ameaçaram vítimas de estupro e as utilizaram como escudo durante troca de tiros com a polícia no Bairro São Jorge da Lagoa, em Campo Grande. Responsável pela fuga ainda está foragido.

Por câmeras de segurança, conforme boletim de ocorrência, duas mulheres de 24 e 31 anos observaram a invasão do imóvel pelos fundos, acionando familiares para socorrê-las.

Os bandidos, com idades entre 16 e 27 anos, chegaram a ameaçar as vítimas de estupro enquanto roubavam dinheiro, joias e celulares. Arma calibre 38 foi utilizada por um deles durante a ação, além de uma faca da própria residência.

Com a chegada de viaturas da Polícia Militar, que cercaram o imóvel, houve troca de tiros e as mulheres foram convertidas em escudo. Rendição foi negociada por cerca de 30 minutos.

Foram recuperados, mediante intervenção policial, mais de R$ 3,7 mil, corrente de ouro, maleta de semijoias e três celulares.

Ao plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) Piratininga, Cleverson Alves dos Santos, o trio disse ter informação de que haveriam R$ 70 mil e duas armas no imóvel. Um quarto envolvido está sendo procurado pela polícia.

HISTÓRICO

Equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) havia preso, em janeiro, dois dos envolvidos no roubo por associação criminosa. Ambos foram soltos por decisão judicial.

Dessa vez, o grupo é acusado de tentativa de homicídio, roubo majorado pelo emprego de arma, concurso de pessoas, porte ilegal, corrupção de menor, restrição de liberdade da vítima e associação criminosa.

“Representei pela conversão da prisão em flagrante em preventiva. Eles vão para audiência de custódia e, se o juiz acatar, permanecem presos”, ressaltou o delegado Cleverson.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica