sem luz

Apagão atinge sede do governo estadual
e prédios ficam sem energia

Problema teria começado na Agraer e atingido outras 4 secretarias

18 JUN 2017 Por NATALIA YAHN 17h:23
Veículo da concessionária em frente ao prédio da Agraer, no Parque dos Poderes Veículo da concessionária em frente ao prédio da Agraer, no Parque dos Poderes

O apagão que atingiu o Parque dos Poderes, em Campo Grande, ontem (17) ainda afeta o abastecimento de energia elétrica em pelo menos um prédio do local. A Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) está sem luz há mais de 24 horas.

Três equipes da Energisa, concessionária responsável pelo serviço de abastecimento de energia elétrica em Mato Grosso do Sul, estão no local para tentar resolver o problema. 

A interrupção no fornecimento teve início ontem, por volta das 17h, e ainda não foi normalizada. A previsão é de que ainda hoje seja restabelecido.

Durante o apagão, vários prédios e secretárias ficaram sem luz, entre elas as Secretarias de  Educação (SED), Saúde (SES), Segurança Pública (Sejusp), e a Governadoria. Nesses locais,  a energia voltou por volta das 2h30 da madrugada deste domingo, garantiu a Energisa.

O Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, na Avenida Waldir dos Santos Pereira - ao lado da Governadoria - também ficou sem luz. A região afetada pelo desabastecimento fica entre as avenidas do Poeta e de parte da Desembargador José Nunes da Cunha, além da Waldir dos Santos Pereira.

Informação inicial apontou que um evento que seria realizado no Centro de Convenções precisou ser cancelado por conta da falta de luz, porém a interferência não foi confirmada, pois o referido evento só terá início amanhã (19). O governador Reinaldo Azambuja e o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Gapasrine Terra, estão programados para participar desse evento, que é referente à comemoração dos 20 anos do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd). No mesmo evento será aberta a 19ª Semana Nacional Antidrogas e a 2ª Semana Estadual Antidrogas.

O governo do Estado não divulgou se a interrupção de energia causou problemas em equipamentos eletrônicos das secretarias.

MANUTENÇÃO

Para que o problema de falta de energia seja resolvido, a concessionária responsável pelo abastecimento, Energisa, informou que deverá desativar a rede principal subterrânea e religar uma rede temporária para que o prédio da Agraer, aparentemente o mais afetado, volte a ter energia.

O caso só deverá ser resolvido definitivamente ao longo da semana, com a troca do cabeamento e a identificação real do problema. 

A Energisa informou que o apagão no Parque dos Poderes foi provocado pela situação no prédio da Agraer. A assessoria de imprensa do órgão informou, porém, que não existe confirmação disso, já que a interrupção do fornecimento de energia ocorrido ontem pode ter provocado o problema na fiação do prédio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica