Alívio

Após dois meses de estiagem, chuva volta a Mato Grosso do Sul no Dia dos Pais

Frente fria ameniza calor e há previsão de tempestades para o sul do Estado

12 AGO 2017 Por GLAUCEA VACCARI 17h:51
Estiagem é maior no Estado desde 2008 Estiagem é maior no Estado desde 2008

O Dia dos Pais, comemorado amanhã, deve ter virada no tempo em Mato Grosso do Sul. Uma grande frente fria que entra pelo sul do país deve trazer chuva forte para o Estado, que sofre com a estiagem há cerca de dois meses, e queda acentuada nas temperaturas.

Estiagem que já dura 65 dias em Mato Grosso do Sul e 53 dias em Campo Grande é a mais longa desde 2008, quando foram registrados 27 dias sem chuva. Além disso, situação também  é de alerta por causa da baixa umidade relativa do ar, com mínimas em 15% e máximas de 25%, e das queimadas nas áreas urbana e rural que aumentaram por conta do tempo seco.

De acordo com previsão do Climatempo, para amanhã a previsão é de pancadas de chuva acompanhada de raios e rajadas de vento de até 70 km/h, especialmente nos municípios da região sul e sudoeste.

Nas demais regiões, incluindo Campo Grande, pancadas de chuva e trovoadas devem ocorrer de forma isolada, com períodos de céu nublado e abertura de sol.

Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu aviso meteorológico alertando sobre o risco de tempestades para o município de Batayporã, onde podem ocorrer chuvas intensas e ventos fortes, com possibilidade de queda de granizo.

Frente fria traz alívio para o forte calor dos últimos dias, quando temperaturas chegaram a ficar acima de 35°C. Não deve fazer frio, mas termômetros oscilam entre 14°C e 34°C. Índices de umidade relativa do ar aumentam com a chuva, mas ainda permanecem baixos no leste e nordeste.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Voltar
©2017 Correio do Estado S/A. Todos os Direitos Reservados.
Plataforma
Versão Clássica